ARMAZÉM GERAL

 

O que é regime de armazém geral?

 

Considera-se armazém geral, o estabelecimento ou empresa de logística que tem permissão do poder público para recepcionar, manter e guardar/armazenar mercadorias ou produtos de terceiros, mediante o pagamento de uma tarifa pré-fixada ou de um percentual pelo serviço prestado.

As principais atividades desenvolvidas em um armazém geral são:

•             Recebimento de mercadoria;

•             Verificação e inspeção conforme critérios pré-estabelecidos;

•             Movimentação interna (entre as diferentes zonas do armazém);

•             Armazenagem e guarda;

•             Preparação e separação dos pedidos (picking);

•             Unitização e a consolidação das cargas;

•             Expedição da mercadoria;

•             Gestão do inventário relativo aos estoques, fluxos, demanda etc.

 

Gestão do Armazém Geral

 

Na maioria das empresas que atuam como Armazém Geral, é utilizado o sistema de gestão e controle do inventário ou estoque que é chamado de WMS (Warehouse Management Systems). O sistema é fundamental para a acuracidade e controle físico e fiscal de toda a mercadoria e produtos que entram e saem do armazém.

Ao contratar um armazém geral, o proprietário da carga precisa emitir uma nota fiscal especifica referente ao envio das mercadorias para o armazém geral. Essa nota fiscal (que se chama Envio de Armazenagem) é para o controle interno do estoque

 

Vantagens do Armazém Geral

 

O armazém geral possui um controle muito rígido referente a segurança das mercadorias ou produtos. Segurança tanto na integridade física das mercadorias, mantendo o ambiente seco e limpo, como também contra o roubo das mercadorias. Guarita, controle de acesso e sistema de monitoramento por câmeras são alguns dos exemplos de segurança contra o roubo dos produtos.

Deixe seu comentário:

Confira também:

ANTT QUER MULTAR...

CERTIFICADO TFS -TOGETHER FOR SUSTAINABILITY

CROSSDOCKING